segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Sabem pensar!

O ATL da GALIZA comemora os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos
Os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos foram comemorados no dia 10 de Dezembro nas Nações Unidas como um marco na história da Humanidade, mas também se lembrou que muitos de seus princípios ainda não foram alcançados.
Também no ATL da Galiza , se falou, pensou, escreveu e declamou sobre os Direitos Humanos… e foi bonito ver os jovens a escrever e desenhar sobre a paz. Eis alguns exemplos:

Paz…O que é a paz?
A paz é quando morrem as lágrimas e a dor,
E nasce um sorriso e brilho nos olhos.
A paz é quando morre a infelicidade e nasce a felicidade,
pois a paz é tudo o que se pode ter
para sentir a liberdade e o amor.

Sara

Paz…
Porque não viver em vez de matar?
Porque não conviver em vez de lutar?
A vida são dois dias e o primeiro está a acabar,
Não seria melhor deixar voar as pombas,
Do que construir bombas?
São estas e mais outras tantas perguntas que tenho para fazer,
E não tenho ninguém para me responder,
Se num mundo livre e bom queres viver,
A paz terás de ser capaz de manter.

Maira



Paz… um acto de amor,
Paz… uma caridade que se faz,
Uma palavra que se repete,
Uma , duas, três vezes se for possível…
Afinal o que é a paz?
Todos nós temos paz no coração,
Podemos não a ver , mas senti-la é possível.

Anasy


Paz…
Para quê guerra, violência em vez de PAZ?
Paz … coisa tão linda de se ver,
Uma criança com lágrimas nos olhos
É como o mundo a ser inundado por oceanos.
Um país sem crianças é um país pobre em alegria de viver,
Um mundo pior em sonhos e em esperança … esperança de ser alguém!

Fatsoriza

Nota:
Este trabalho foi feito por um grupo de jovens no âmbito do apoio a português dado pela prof Ana Paula Sereno, na Casa Grande da Galiza.
O desenho é do Frederico.

1 comentário:

Vekiki disse...

Lindo :-)
Beijos para os pequenos escritores e para a Professora :-)
Vou pôr link no Vekiki para este post!
Beijos